Maria, Mãe do Verbo Encarnado

Toda mãe tem o cuidado em proteger, guiar, educar, amar e zelar por seus filhos a fim de querer sempre o melhor para eles. E quando falamos de Maria, mãe de Jesus Cristo nosso Salvador, não é diferente.

Ao dizer “sim” ao anjo, que a visitou antes dela se casar com José, Maria tornou-se a bendita entre todas as mulheres. Aceitou de coração e de inteira obediência ao Criador, a missão de conceber a “Palavra de Deus em corpo humano”, ou melhor, Jesus. Como diz na Sagrada Escritura, o Verbo se fez carne e habitou em nosso meio.

Maria, assim como toda a mãe carnal, ensinou seu filho sobre as coisas do mundo, Ela foi abençoada por Deus com a graça de nunca conhecer o pecado. Maria ensinou o Verbo Encarnado a ser uma criança do bem, aos olhos do Pai, a crescer em sua divindade livrando-o de todos os perigos e a se tornar o salvador da humanidade. Cumprindo perfeitamente a vontade de Deus Pai com humildade, silêncio e confiança, Maria esteve sempre presente na vida de Jesus.

Observando a vida e a trajetória da maternidade de Maria, a Sagrada Escritura nos fala de dois momentos difíceis, que demonstramo amor de uma mãe por seu filho e que está absolutamente interligado, também, ao amor que existe entre Maria e Jesus. O primeiro é quando Jesus, aos 12 anos, está perdido no Templo e o quão apreensiva ficou esta Mãe que buscava por seu filho desesperadamente, demonstrando uma maternidade sentida na forma mais humana, o sentimento de preocupação de uma mãe. O segundo momento se dá no caminho do Calvário, onde a mãe sofre com a dor de seu filho ao carregar a cruz, que simboliza a maternidade vivida intensamente pela fé.

Assim como Maria cuidou de Jesus, Nossa Senhora com seu Coração Imaculado, cuida, intercede e roga por nós, seus filhos, em teu seio de misericórdia para possuirmos o dom da eterna salvação.

Como diz uma das mais antigas orações conhecidas pela Igreja, pedimos que Maria mãe de Deus acolha as nossas necessidades, e que possamos encontrar proteção e o refúgio debaixo de seus braços, que a Virgem gloriosa e bendita não despreze as nossas orações.Sendo assim, contamos sempre com as preces incessantes da Bem Aventurada virgem Maria, para sermos filhos zelosos da igreja e autênticos filhos de Deus Pai, e para que, em momentos de dificuldades e de tensões na vida, nossos corações sejam acalmados pelo amor de nossa mãe Maria.