Lajotas

por meio das Lajotas, você pode PERPETUAR A LEMBRANÇA de parentes e amigos falecidos

Por que, nas paredes do Santuário, são colocadas LAJOTINHAS com os nomes de pessoas FALECIDAS?

Eu sou a ressurreição e a vida, diz o Senhor.
“Aquele que crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá.
E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá para sempre!”
Jo 11, 25-26

Uma característica que chama a atenção no Santuário das Almas são as lajotinhas com os nomes das pessoas falecidas, nos painéis das paredes internas. A lajotinha, na sua aparência, não é mais do que uma peça de cerâmica, mas o fato de ocupar lugar nas paredes do Santuário das Almas lhe dá um sentido todo especial.

No Santuário das Almas seus devotos desejam, por meio das lajotinhas, PERPETUAR A LEMBRANÇA de parentes e amigos falecidos com os quais durante anos, em convívio feliz, partilharam dores e alegrias e aos quais, saudosos, dedicam seu carinhoso afeto.

No Santuário das Almas seus devotos rezam em sufrágio das almas para que sejam contempladas com a misericordiosa bondade de Deus Pai e recebam o perdão das faltas cometidas em vida.

No Santuário das Almas, onde TODOS REZAM POR TODOS, os irmãos que têm os seus nomes inscritos na lajotinhas, constantemente são lembrados nas orações pessoais dos visitantes, nas celebrações litúrgicas e especialmente nas Santas Missas que em grande número ali são rezadas.
Os devotos manifestam a esperança de que os mortos para este mundo, mencionados nos painéis das lajotinhas, tenham os seus nomes inscritos no LIVRO DA VIDA E QUE VIVAM a indivizível felicidade no céu, no pleno gozo do amor de Deus, na companhia da Virgem Maria, dos Anjos e dos Santos.

No Santuário das Almas os devotos pedem que os irmãos que partiram e que vivem na luz de Deus consigam para nós que ficamos, a graça para que a nossa caminhada através dos anos da vida seja ILUMINADA PELA MESMA FÉ EM CRISTO que os animava quando estavam conosco.

No Santuário das Almas os devotos rezam para que os irmãos falecidos, que neste mundo experimentaram provações e angústias e que hoje ESTÃO NA PAZ DE DEUS, consigam, do Pai comum, tranquilidade em nossos dias, consolo nas aflições, novo ânimo nas horas de desespero e firme confiança na ajuda de Deus nos momentos de incerteza e dúvida.

O lugar mais importante no recinto do Santuário das Almas – é o altar-mor com tabernáculo, onde na Eucaristia está realmente presente JESUS CRISTO, NOSSO SALVADOR E MESTRE, nossa luz e alegria, nossa força e conforto. É Deus presente no meio do seu povo.

Quando inscrevemos nas paredes do Santuário das Almas os nomes de entes queridos, mostramos que estes nossos irmãos, em vida, a partir do Batismo, faziam parte do povo de Deus de quem Jesus Cristo é a Cabeça; que estes nossos irmãos acreditavam na Pessoa e na Palavra de Jesus Cristo e viveram os seus mandamentos de amor a Deus e aos irmãos. E, se em vida estes nossos irmãos estavam estreitamente ligados a Jesus Cristo, acreditamos que hoje no céu eles vivem uma união muito mais intensa e perfeita com Cristo, na intimidade do Pai e junto com muitos irmãos na fé.

Caso você queira saber mais informações, entre em contato conosco.