Crisma

Crisma ou Confirmação é o Sacramento instituído por Jesus Cristo em que o batizado receberá a força do Espírito Santo e seus dons (Sabedoria, Inteligência, Ciência, Conselho, Fortaleza, Piedade e Temor de Deus).

“Repousará sobre ele o Espírito do Senhor, Espírito de sabedoria e discernimento, Espírito de conselho e fortaleza, Espírito de conhecimento e temor do Senhor” Isaías 11, 2-3

É a Crisma que confirma o resultado de uma opção consciente na vida cristã do crismando, em função daquilo que recebeu no seu batismo, quando foi introduzido na comunidade cristã.

É o Sacramento da fé madura, em que a pessoa crismada permanece unida à Igreja e é convidada a difundir e defender a fé por palavras e atos, como verdadeira testemunha de Jesus Cristo.

O Sacramento da Confirmação tem o sentido de consolidar e firmar o cristão na fé. Através da unção crismal, a pessoa se torna como um “soldado” no combate contra o mal. Se o Batismo nos imerge no Espírito Santo, a Crisma nos torna “fortes e robustos” no mesmo Espírito, enquanto cristãos e membros do Corpo Místico de Cristo neste mundo.

Para isto, o preparo para receber este Sacramento é indispensável,  sendo de grande importância para a formação do crismando. Receber o Sacramento da Crisma é assumir a proposta de Jesus. Essa é a mística de todo cristão que assume profundamente seu papel na história da humanidade.

“Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. 2.De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 3.Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e repousaram sobre cada um deles. 4.Ficaram todos cheios do Espírito Santo… ” Atos 2, 1-4

Texto: Priscilla Freitas – Coordenadora da Pastoral do Crisma