Faz 100 anos de sua primeira aparição. 13 de maio de 1917. Lúcia de Jesus, 10 anos, Francisco Marto, 9 anos e Jacinta Marto, 7 anos, após a Missa na igreja de Aljustrel, lugarejo de Fátima, foram pastorear o rebanho de ovelhas nas terras do pai de Lúcia, na Cova da Iria.
Nesta primeira aparição, Nossa Senhora pede aos 3 pastorinhos que venham seis meses seguidos, no dia 13, à mesma hora. E diz que ainda viria uma sétima vez.

Nossa Senhora pergunta para Lúcia, Francisco e Jacinta: “Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido, e de suplica pela conversão dos pecadores?As crianças disseram sim e Ela acrescentou: “Ides, pois, ter muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto”.

Segunda aparição 13 de junho : Nossa Senhora já era esperada pelas 3 crianças e por mais pessoas. Ela diz que seu Imaculado Coração será refúgio e o caminho para Deus. As pessoas que a seguem podem recorrer ao seu coração de Mãe acolhedora, e que tenham as atitudes direcionadas para o agrado de Deus.

Terceira aparição 13 de julho: Mesmo Lúcia no dia anterior resolvida a não ir mais à Cova de Iria, e no outro dia no seu quarto sozinha de joelhos para rezar, chorando, os três foram ao encontro de Nossa Senhora que insiste para rezarem o terço em honra de Nossa Senhora do Rosário, rezar para a paz no mundo e fim da guerra.

Quarta aparição 13 de agosto: Na véspera da aparição os 3 pastorinhos foram sequestrados e não conseguiram ir ao local determinado por Nossa Senhora.

Pessoas relataram que houve sinais como trovão, relâmpago e a nuvem da possível vinda de Nossa Senhora. Mas ela apareceu quando as crianças pastoreavam no dia 15 de agosto. Nessa aparição Ela diz que fará um milagre na última aparição e pede que rezem pelos pecadores,pois muitos não rezam nem se sacrificam por eles.

Quinta aparição 13 setembro: Mais de 15 mil pessoas e muitas pediam as crianças que entregassem pedidos de oração a Nossa senhora. Todos ao rezarem o terço viram Nossa Senhora e o recado foi o pedido de continuar com o Terço para o fim da guerra, e promete que na próxima vinda viria com Ela, o menino Jesus e São José.

Sexta aparição 13 outubro de 1917: Mesmo com chuva, mais de 50 mil pessoas esperaram Nossa Senhora e escutam seu pedido que dessa vez era fazer uma capela em sua memória e diz: “Não ofendam mais a Deus Nosso Senhor que já está muito ofendido”. Reafirma que é preciso rezar o terço todos os dias e pedir perdão dos pecados. Vieram com ela Menino Jesus e São José.

A promessa da Sétima vinda de Nossa Senhora de Fátima se tornou uma promessa: “Por fim meu Imaculado Coração triunfará.”